A Alegria de Não Precisar Ser uma Mulher Autoconfiante

Eu já comprei diversas coisas que não me foram úteis, sapatos e roupas que nunca foram usados. Da mesma maneira que comprei produtos desnecessários, já comprei muitas ideias que não me serviram em nada. Desde criança por exemplo, acreditei na ideia que me vendiam, de que eu precisaria ser uma mulher autoconfiante pra ser feliz e “vencer” na vida. A fórmula matemática que resultaria nesse sucesso era a seguinte:

A + B + C + D = SUCESSO 

Onde:

A = Escolha uma profissão que você goste (desde que dê muito dinheiro)
B = Seja forte e poderosa (Não demonstre suas fraquezas)
C = Não se case (um homem só vai atrapalhar você)
D = Não tenha filhos (eles vão atrasar a sua vida. Caso aconteça algum imprevisto, aborte)

Pensamentos a respeito de casamento e filhos eram bem vindos somente após atingir esse sucesso pessoal, porque se eles fossem vividos antes, eu certamente não conseguiria mais estudar, trabalhar, enfim fazer algo “importante” na vida.

Que mentira me venderam. E que tristeza era a minha vida, porque eu sentia mesmo era medo e insegurança. E que caminho longo eu teria que percorrer, até chegar a ser essa mulher de sucesso, poderosa e autoconfiante, desejada, sozinha e feliz.

Mas que alegria me trouxe a mensagem libertadora de Cristo, que me diz que autoconfiança é engano, que a minha força vem daquele que habita dentro de mim, que me dá sonhos e me diz o que devo fazer. Que nunca estive sozinha. Que a minha beleza e o meu poder se encontram na consciência da minha pequenez e da minha total dependência de Deus, assim como uma criança é, pequena em tamanho, dependente dos seus pais, alegre nas coisas simples e bela simplesmente porque é criança.

Que sucesso de vida encontrei quando Deus me permitiu sentir o seu amor. E que delícia de vida descobri ao construir uma vida a dois, ao viver sonhos a dois, ao edificar uma família. Que importante e lucrativo está sendo cultivar um lar, cuidar de vidas, ensinar meus filhos.

Que paz e calmaria encontrei no colo de Deus, em viver os sonhos que Ele preparou pra mim e em exercer os dons que Ele me deu.

Seja poderosa Nele!
Viva os sonhos de Deus pra tua vida 🙂
Que Deus te abençoe!
Abraços,
Carol

No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo (1 Jo 4:18).


Naquele momento, os discípulos chegaram a Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos céus?”. Chamando uma criança, colocou-a no meio deles, e disse: “Eu asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus. Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus. “Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo (Mt 18.1-5).

6 comentários em “A Alegria de Não Precisar Ser uma Mulher Autoconfiante

  1. Carol, amada! É por este tipo de visão que eu me identifico muito com tuas ideias. Realmente, é libertador descobrir que não precisamos comprar todas essas ideias a respeito de sucesso para mulheres! Também amo cuidar da minha casa, minha família. Gosto muito do meu trabalho também, mas não “piro” nisso não. ��

    Curtir

  2. Oi Jana 🙂

    É libertador mesmo…e essas ideias nos são entregues diariamente, principalmente porque é muito lucrativo pra diversos seguimentos. Esses dias vi um outdoor de divulgação de uma palestra que dizia “Como vender para quem não quer comprar”. É isso aí…investem nas ideias de mulher “poderosa” porque ela é um prato cheio pro consumismo.

    Bjus Jana, Tua família é linda!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s