Caiu a Ficha! Agora Somos uma Família :)

Recentemente eu e o Leandro, meu marido, participamos de um curso para pais. Havia um tempo que estávamos nos sentindo pesados com nosso dia a dia, mas não conseguíamos entender a razão disso tudo. Foi quando durante a realização de uma atividade nos deparamos com a seguinte questão: quais são os sonhos e planos de vocês? Olhamos um pra cara do outro, os dois surpresos: “e aí amor, quais são teus planos?”, “pois é, quais são teus planos?”. 
Algo muito similar aconteceu no início do nosso casamento, quando vivemos um momento de turbulência causado pelos choques constantes entre as nossas vontades. Estávamos aprendendo a sermos um, a realinhar nossos objetivos individuais a um plano só, pois éramos um casal e a decisão de cada um afetava diretamente o outro. “Caiu a ficha”, agora não estávamos conversando só com o nosso umbigo, os sentimentos e desejos de outra pessoa estavam em questão, e essa pessoa era muito amada.
Estamos desconfiados de que isso está acontecendo novamente, agora como pais. É um pouco confuso, nossas mentes levam um tempo para assimilar, mas está ficando cada vez mais claro pra nós que os planos do casal estão entrando em confronto agora com a presença dos nossos filhos. Caiu a ficha! Somos uma família!
Deve ser uma tendência natural das nossas mentes quando sujeitas a mudanças. É uma coisa muito louca porque a gente sabe que tem filhos, mas a sensação que temos é que nossos desejos não acompanham esse raciocínio, parece que nossas mentes estão acostumadas com a situação do passado e até as informações serem atualizadas, passamos por um período de desgaste emocional, frustrações e questionamentos: “o que está acontecendo?”. É como estarmos confusos ao olharmos para uma imagem muito de perto e irmos nos afastando aos poucos. De repente, cada traço faz sentido e entendemos o que aquela imagem representa.

Aqui em casa descobrimos que nosso descontentamento vinha do fato de estarmos investindo tempo em compromissos que não encaixavam com a dinâmica atual da nossa família e nesses momentos nossos filhos acabavam se tornando um peso pra nós. Em uma coisa concordamos 100%, eu e o Leandro temos como prioridade estarmos em família e a partir daí tivemos que fazer alguns ajustes. Não sabemos quando, mas é certa a chegada de outras fases de mudanças em nossas vidas, mas até lá, precisamos cultivar o tempo presente. Nosso sonho um dia foi ter uma família e hoje é curtir nossa vida em família e pra que isso aconteça nosso plano é estarmos juntos, crescermos juntos e compartilharmos esses momentos tão especiais com nossos amigos.

No mesmo ano em que nosso filho mais velho completa 5 anos, caiu a ficha de que seremos pais pra toda a vida. Pra comemorar esse grande feito compramos um presente pra toda a família, uma barraca! E já marcamos nosso primeiro acampamento!

Esse texto foi inspirador:

“Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;
quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.
Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.
Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.
Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.”
(Texto de Paulo de Tarso em Carta aos Coríntios)

Abraços,
Carol e Leandro Piscke

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s